Dilatação do Galalite

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dilatação do Galalite

Mensagem  rkoelzer em Qui 23 Set 2010, 23:16

Como é possível dilatar uma chapa de galalite? Para viabilizar a alteração de seu molde?
Tenho pesquisado esse tópico, mas ainda não encontrei a solução.
Como posso fazer para, apartir de uma chapa de galalite consolidada, alterar seu formato sem prejudicar sua estrutura molecular?

Att.

Rafael.

rkoelzer

Mensagens : 4
Pontos : 8
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ainda estou sem resposta.

Mensagem  rkoelzer em Dom 26 Set 2010, 23:09

Ainda estou sem resposta para minha indagação. Hoje sei que algumas poucas pessoas de Porto Alegre possuem essa técnica, mas não a revelam, pois fazem lucro com ela, alterando a medida de fichas antigas de poker para colecionadores, o que chamam de "esticar o galalite". Para início possuo uma dúvida que acrediro ser básica e fudnamental. Essa diltação de ser inciada com calor, ou seria possível através do repouso do galalite na água, pois ele é sensível a ela e depois de um certo período lá mergulhado amolece?

rkoelzer

Mensagens : 4
Pontos : 8
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Galalite !

Mensagem  MARC JR em Sab 17 Set 2011, 11:54

Prezado Rafael,

Também estou a procura de respostas para o assunto GALALITE...!

Na realidade, tenho interesse em fabricálo em escala industrial...

Caso tenha encontrado uma boa fonte de pesquisa, gostaria que, se possível, me desse a direção...!


Muito grato,

Marco Antônio
Brasília - DF

MARC JR

Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 17/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dilatação do Galalite

Mensagem  Rapharc em Ter 27 Set 2011, 20:52

Boa Noite pessoal, a galalite é conhecida também como um polimero e mais seu nome é comum ser utilizado dentro dos ciclos acadêmicos como formol-caseira.

Temos uma forma de obtenção que é:
OBTENÇÃO DE UM POLÍMERO CASEÍNA - FORMALDEÍDO

OBJETIVO: Mostrar a forma de obtenção de um Polímero, a partir da caseína contida no leite.

INTRODUÇÃO:

Atualmente, é grande a variedade de plásticos produzida pela indústria para as mais diversas finalidades, sendo que estas variam de acordo com propriedades específicas, que são conseqüência de sua composição.

Todos os plásticos até hoje sintetizados foram obtidos através de processos de polimerização, onde unidades menores (monômeros) se ligam dando origem a moléculas maiores. O polietileno, plástico de grande importância (utilizado no revestimento de condutores elétricos, fabricação de plásticos flexíveis para embalagens, etc. ) é formado por monômeros de etileno, gás que pode ser obtido a partir do petróleo. O etileno gasoso é submetido a elevadas pressões em presença de catalisadores e assim ocorre a polimerização do mesmo.

Em plásticos como o polietileno e o náilon, os monômeros se unem formando moléculas lineares. Em outros plásticos, entretanto, os monômeros ligam-se uns aos outros em várias direções, produzindo estruturas tridimensionais. Exemplos de plásticos como estruturas tridimensionais são: baquelite, uréia-formaldeído e caseína-formaldeído, sendo esta última o objeto de nossa prática.

O plástico caseína – formaldeído que será obtido constitui-se num copolímero, já que sua unidade básica resulta da junção de uma proteína com o formaldeído.


MATERAIS e REAGENTES
- Beckers;
- Pêras;
- 1 Frasco pequeno com tampa;
- Pipetas de Pasteur ou conta-gotas;
- Tripé;
- Bico de bunsen;
- Estufa;
- Bastão de vidro;
- Tela de amianto;
- 20 mL de Formol (Aldeído fórmico);
- 200 mL de leite não fervido;
- Vinagres em frasco conta-gotas;
- Papel de filtro;
- 1 pedaço de pano com dimensões de aproximadamnte 20 cmX 20 cm;
PROCEDIMENTO:

Aqueça o leite não fervido no Becker sobre a tela de amianto;

Retire o leite do fogo e acrescente cerca de 60 gotas de vinagre, agitando com o bastão de vidro, durante 1 minuto. Aguarda-se um tempo para esfriar.

Coe o líquido com o pano.

Esprema bem o pano com o material que nele ficou retido (neste material, encontra-se a caseína coagulada). A mesma já se encontrava no leite, mas suas moléculas estavam bem separadas umas das outras; a acidificação promovida pela adição do vinagre fez com que essa proteína se aglutinasse, formando grumos, até que saia a maior parte do soro.

Lave bem com água levemente morna o material retido no pano, sem permitir a perda deste material, assim estarão sendo removidos os componentes do leite solúveis em água.

Faça uma bolinha. Ponhano frasco, acrescente formol até cobri-la e tampe o frasco. Deixe exposta ao ar a bolinha que ficou imersa no formaldeído até que endureça bastante...Estará pronto o copolímero caseína – formaldeído.

E para os mais interessados seria interessante lerem o seguinte material:

http://www.raphaelcardoso.com/noticia/imagens/Raphael_Cardoso_Mota_Pereira_Polimeros.pdf

Abraço e espero ter ajudado
Raphael Costa

Rapharc
Admin
Admin

Mensagens : 187
Pontos : 329
Reputação : 0
Data de inscrição : 27/03/2009
Idade : 29
Localização : Rio Grande

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dilatação do Galalite

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum